terça-feira, 27 de agosto de 2013

O adeus do "Mágico"


Ele é o número 10
E finta com os 2 pés
Ele é melhor que o Pelé
É o Deco allez allez

Esta letra assentava que nem uma luva a Anderson Luís de Souza,conhecido no mundo do futebol simplesmente por Deco.
Foi sem dúvida nenhuma o melhor número 10 que vi actuar no nosso campeonato e um dos melhores do futebol mundial.
Deco era sinónimo de magia,era sinal de grande futebol e tratava a bola como poucos.
Além disso fica ligado a um dos períodos mais bonitos da história do F.C.Porto e isso é impossível de apagar da história.
É ele um dos responsáveis pela conquista de 2 campeonatos,1 Liga dos Campeões e 1 Taça Uefa num período de ouro para o meu clube.
Mas na sua carreira conta com 2 Ligas dos Campeões,1 Taça Uefa,1 Taça Intercontinental,2 Ligas Portuguesas,2 Liga Espanholas,1 Liga Inglesa,1 Campeonato Brasileiro,além de inúmeros títulos "menores" e prémios individuais.

Deco faz hoje 36 anos e ontem decidiu pendurar as botas,depois de uma carreira de 17 anos como profissional.
Representou clubes como o Barcelona,Chelsea,Porto,Corinthians,Fluminense,Benfica(este último é só estatística),entre outros,além de ter representado a Selecção Nacional Portuguesa.

Definitivamente hoje o futebol fica mais pobre com a ausência de Deco.

OBRIGADO POR TUDO CAMPEÃO.



1 comentário:

Frederico Ventura disse...

Sabes de quem é que eu tenho pena, para além de o meu SLB não ter aproveitado o Deco (?), do Karagounis.

Na minha opinião eram jogadores semelhantes. Fortes com os 2 pés, boa visão de jogo, grande qualidade de passe e não esquecendo a grande capacidade técnica que tinham.

O período do Deco e do FCP foi talvez o melhor (período) de sempre para o clube. Grandes jogos, bem como grandes exibições individuais.
Nessa altura admirava também o Alenichev.